Converse conosco no Whatsapp

3 dicas básicas para consolidar seu negócio no mercado

Introdução

A decisão de abrir um negócio no Brasil é, sem dúvidas, muito desafiadora. Principalmente por toda a burocracia e complicações que podem surgir ao longo do caminho. No entanto, muito mais complexo que isso é estabelecer seu negócio no mercado e fazê-lo crescer.

É o que comprova um estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas em parceria com o Sebrae, no qual se constatou que um terço das novas empresas no Brasil acabam fechando em dois anos.

Mas não se assuste se você está começando o seu negócio agora, pois você não precisa ser mais uma porcentagem desses dados que são resultado de descaso com o planejamento do negócio, gestão da empresa de forma ineficiente e muitas vezes despreparo dos gestores.

Se você não quer se tornar parte dessa realidade, continue a leitura deste texto e acompanhe os próximos artigos que serão publicados no blog. Todos eles fazem parte de uma série especial que tem o objetivo de orientá-lo quanto aos passos essenciais para consolidar a sua empresa no mercado e colocá-la em ordem para planejar o crescimento e sucesso do negócio.

E para começar, hoje vamos falar de 3 passos básicos – mas muitas vezes deixados de lado – que todo empreendedor deve seguir para consolidar seu negócio no mercado. Confira!


3 passos que todo iniciante deve seguir para se estabelecer no mercado


Passo 1: Conheça o mercado e a clientela

Tenha em mente que independente do tamanho do seu negócio, é indispensável que seja feito um estudo do mercado para compreender questões essenciais, como: quem são e como atuam os concorrentes, qual o comportamento de consumo dos clientes, a demanda por esse nicho de mercado, evitar erros, descobrir novas oportunidades de negócio, entre outros.

Só a partir de informações reais você conseguirá tomar decisões estratégicas conscientes e embasadas. Para conseguir coletar esses dados, um bom método é o uso de pesquisas de mercado.

A pesquisa de mercado permite que você saia do achismo e seja norteado por dados para tomar as decisões inerentes à sua empresa. Através dela é possível medir a satisfação dos clientes e compreender a percepção que as pessoas têm do seu negócio.

Além disso, você conseguirá levantar informações que permitirão a você comparar a sua solução com as dos concorrentes para entender em que o seu produto/serviço pode ser aprimorado, qual o seu diferencial ou como apresentar uma solução melhor ou diferente daquela já tem sido feito.

Todas essas informações são valiosíssimas e se bem compreendidas e repensadas podem tornar seu negócio mais competitivo e atrair os clientes insatisfeitos com a concorrência.

Ao desenvolver sua pesquisa de mercado, existem 4 pontos fundamentais que você não pode deixar de abordar:

  • Posicionamento: quem são as empresas referências no mercado no seu segmento? E os concorrentes diretos e indiretos?
  • Excelência no atendimento: como é feita a comunicação com o cliente? Há um suporte eficaz? E como é a política de entrega? Como lidam com a insatisfação do cliente?
  • Mix de produtos e serviços: o produto/serviço oferecido é diferenciado? Qual o valor agregado, preço e qualidade?
  • Abordagem publicitária e estratégia de marketing

Se a sua pesquisa de mercado conseguir responder a todas essas questões, ao final você terá um conjunto rico de dados e informações para avaliar e repensar as estratégias já definidas para a sua empresa e traçar ações mais condizentes com o seu objetivo.


Passo 2: Avalie constantemente seu produto/serviço

Quem para no tempo, fica para trás! O fato de por muito tempo seu produto/serviço ter tido uma boa aceitação no mercado, não te isenta da responsabilidade de estar sempre se atualizando e buscando melhorias para a sua solução.

Por isso, você deve ser o maior crítico do seu produto e/ou serviço. Faça avaliações e testes constantes, escute o que seus clientes têm a dizer e experimente as soluções da concorrência.

Empresas que não têm essa política correm sérios riscos de perderem espaço por se tornarem desatualizadas e não atenderem a novas demandas surgidas no mercado.

Graças a alta competitividade e aos avanços tecnológicos, cada vez mais surgem novas necessidades e padrões de consumo no mercado, por isso as empresas que querem se consolidar no segmento em que atuam devem estar atentas e se adaptarem à essas mudanças, aperfeiçoando e inovando nos processos produtivos e na oferta de produtos/serviços.

Além disso, devem ter a preocupação de introduzir constantemente novidades que atraiam clientes e também buscar novas soluções para garantir um atendimento mais eficaz e de baixo custo.

Uma boa forma de conseguir esses resultados é por meio da mensuração da satisfação dos seus clientes, pois assim conseguirá compreender como são seus hábitos de compra e como se relacionam – ou gostariam de se relacionar – com seus produtos e serviços.

Diante de um mercado tão competitivo, perguntar a opinião do cliente é, sem dúvidas, o melhor caminho! As empresas que priorizam por medir a satisfação dos clientes e têm esses como foco da estratégia do negócio, têm seu sucesso garantido.

A partir do que os clientes têm a dizer, você conseguirá coletar dados claros e suficientes para encontrar soluções para os problemas relacionados ao seu produto e novas ideias para torná-lo mais inovador.

Para ajudá-lo nesta tarefa constante de aprimoramento e atualização do seu produto/serviço, é necessário que você implemente 4 iniciativas à rotina do seu negócio. Confira:

  • Desenvolva o hábito de estudar e avaliar o mercado para identificar as deficiências ou necessidades no seu nicho de atuação. Aproveite para expandir suas pesquisas e encontrar novos mercados que se adequam ao seu produto/serviço e entenda como fazê-lo.
  • Tire da sua cabeça a ideia de que inovação e tecnologia andam obrigatoriamente juntas. Toda e qualquer ideia que seja colocada em prática de modo a agregar benefícios à vida das pessoas faz da sua empresa inovadora.
  • Não se preocupe apenas com o que acontece na vizinhança, constantemente tire um tempo para avaliar seus processos e busque formas de aperfeiçoá-lo. Entenda que a eficiência e a qualidade da rotina operacional do seu negócio precisa ser superior à da concorrência, além de demandar uma quantidade mínima de recursos.
  • Pode parecer repetitivo, mas de novo voltamos ao cliente. Entenda que o cliente é a chave do sucesso de toda e qualquer empresa que se estabelece no mercado e se torna referência em seu segmento. Por isso, sugerimos que você tenha em sua empresa um pequeno grupo de pessoas dedicado a estudar seu cliente e entender os hábitos, comportamento, jornada de compra e perfil. Uma vez que conhece o seu cliente, fica mais fácil oferecer soluções que ele realmente precisa e ainda prestar um atendimento personalizado de acordo com seu perfil.


Passo 3: Foque na resolução dos problemas certos

Os problemas são inerentes a qualquer empresa, mas já se perguntou se você está gastando tempo e energia para resolver os problemas certos e que mais podem impactar o seu negócio?

A capacidade de identificar quais problemas devem ser prioritariamente solucionados naquele momento que sua empresa está vivendo também é uma questão fundamental para conseguir consolidar o negócio no mercado.

Imagine a seguinte situação: a sua empresa está com dificuldades de implantar a cultura do negócio na equipe de funcionários – e isso é sim uma questão preocupante. Mas enquanto você, juntamente com o RH, quebravam a cabeça para encontrar a melhor forma de resolver a questão, clientes insatisfeitos com o serviço de pós-venda abalaram a imagem da empresa, fazendo acusações graves nas redes sociais e canais de defesa do consumidor. Tudo isso poderia ter sido rapidamente contornado e evitado, se sua atenção estivesse direcionada a essa deficiência do negócio e se já tivesse implantado novas políticas de aperfeiçoamento do setor.

Como consequência da falta de discernimento do que é um problema que requer dedicação e atenção, a sua empresa, no exemplo citado, perderia espaço no mercado, pois sua reputação estaria abalada devido a insatisfação de alguns poucos clientes.

Já disse isto em outro artigo e repito: é fundamental que um bom gestor saiba identificar entre todos os problemas aqueles que precisam ser prioritariamente resolvidos para que assim os seus objetivos não sejam comprometidos.

Entenda que gastar tempo e recursos com tarefas importantes, porém secundárias naquele momento, é abrir precedentes para um futuro incerto.

Sendo assim, conduza seu negócio ciente de que a todo instante surgirão problemas que precisam ser resolvidos, e que para conseguir estabelecê-lo no mercado cabe a você direcionar a equipe para trabalhar na resolução dos problemas principais, sem perder de vista o seu foco.


Conclusão

A consolidação de um negócio no mercado, requer inúmeras iniciativas e habilidades que o gestor deve desenvolver ao longo da sua jornada empreendedora. Pensando nisso, durante este artigo tentamos detalhar para você 3 passos básicos, mas que todo empreendedor deve colocar em prática para alcançar o sucesso.

No entanto, antes de finalizar esse post é importante lembrar que de nada adianta colocar em prática as dicas mencionadas, cuidar da gestão do negócio e investir na sua marca, se o seu produto ou serviço não for bom o suficiente, não tiver um diferencial que conquistará os clientes.

Ficou inseguro? Que tal começar avaliando o potencial do seu produto ou serviço e comparando-o com o dos seus concorrentes?! Já é uma excelente forma de se embasar para traçar ações que te levem ao seu objetivo.

Assim, coloque em prática as dicas dadas, cuide da qualidade do seu produto e compreenda a necessidade dos seus clientes, afinal esses são os primeiros passos da desafiadora jornada de consolidar seu negócio no mercado.



Aliar, o sistema de gestão perfeito para a sua empresa. 

Aliar Sistemas