Como aumentar a rentabilidade da sua empresa sem reduzir custos

 Todo empreendedor tem como um dos seus principais objetivos aumentar a rentabilidade de seu negócio, concorda? Apesar de esta tarefa ser um grande desafio, você sabia que é possível aumentar a rentabilidade da sua empresa sem precisar reduzir os custos?!

Pra lá de comum é ver gestores que acreditam que para aumentar a rentabilidade, a primeira medida a ser tomada é reduzir custos e investir em diversas mudanças que não surtem o resultado esperado. Na verdade, o que falta a estes empreendedores é focar nas soluções corretas, deixar de lado a incessante busca por redução de custos e traçar as estratégias certas acompanhadas de decisões conscientes e baseadas em dados.

Por que não é necessário reduzir os custos para aumentar a rentabilidade?

Antes de começar a explicar como você pode aumentar a rentabilidade da sua empresa sem reduzir custos, é importante que entenda o porquê de você não precisar seguir o senso comum e ir pelo caminho mais óbvio para alcançar o seu objetivo.

Apesar de ser a escolha de muitos empreendedores, a redução de custos em busca do aumento da rentabilidade é uma forma muito vulnerável de conseguir essa elevação nos números.

E o motivo disso é simples de entender: se você pretende crescer a sua empresa uma das consequências inevitáveis disso será o aumento da receita, assim a redução de custos em busca do aumento da rentabilidade se torna insustentável. Concorda?!

Assim, a ideia de que cortar custos para aumentar seu faturamento será sempre um impeditivo ao crescimento, levando sua empresa a estagnação e, consequentemente, deixando-o para trás em relação à concorrência.

Isso porque seguindo essa linha de raciocínio será necessário economizar em aspectos fundamentais, como: estrutura, matéria-prima, recursos humanos e outros recursos essenciais para a produção da sua mercadoria.

Diante desta nova percepção, o aumento da rentabilidade acima de qualquer coisa não deve ser seu foco, mas sim buscar o aumento da rentabilidade de forma sustentável e duradoura, para que assim a sua empresa tenha uma perspectiva de futuro tangível. É baseada nessas argumentações, que separei 9 dicas incríveis para aumentar a receita da sua empresa sem que para isso você precise implementar uma política de redução de custos. Confira!

 

9 dicas para aumentar a rentabilidade na sua empresa

1- Programe um planejamento tributário

Essa dica vale tanto para os casos em que o empreendedor já possui uma empresa consolidada, quanto para os casos em que estão sendo dados os passos iniciais para tirá-la do papel.

No momento de abrir a empresa, você contou com o suporte de um contador para ajudá-lo a definir qual o regime tributário mais adequado para o seu tipo de negócio?! Acredite, esse é um passo que faz muita diferença na saúde financeira de toda empresa.

Já falamos em outros artigos aqui no blog, mas é bom relembrar, que atualmente no Brasil existem 3 diferentes regimes tributários: Simples Nacional, Lucro Presumido e Lucro Real. Sobre eles incidem diferentes tipos de tributos.

 

Por isso, entender o que consiste cada um desses regimes, os tributos incidentes, o sistema correto e mais indicado para o seu modelo e segmento de negócio é fundamental para que seja feita a elisão fiscal, o que quer dizer economizar dinheiro no pagamento dos impostos. E se você paga menos impostos, a sua rentabilidade aumenta.

2 – Estude todo o investimento feito na empresa

Quanto foi colocado de dinheiro na empresa com a expectativa de obter lucro? Ter uma resposta exata para essa pergunta é fundamental para aumentar a rentabilidade.

Mais que isso, você precisa ter pleno conhecimento de quanto foi investido em cada etapa de cada processo operacional e o quanto eles custam para o seu caixa. Para você ter uma ideia de por onde começar essa etapa, darei abaixo um exemplo de investimento feito que pode ser avaliado:

  • Marketing e propaganda: Quanto do dinheiro tem sido investido com o propósito de divulgar e promover seus produtos/serviços? E esse investimento tem trazido algum tipo de retorno ou apenas está gerando gastos? Faça uma análise bem cautelosa dos resultados e revise o planejamento se necessário como, por exemplo, definir os canais e estratégias que mais têm funcionado e foque somente nelas.

Outro passo importante aqui nesta etapa é definir exatamente quais investimentos estão caminhando conforme o esperado e quais não estão desempenhando bem. Para conseguir ter essa definição, o ideal é que seja feito o cálculo do Retorno sobre Investimento, mais conhecido como ROI. Basta seguir essa fórmula abaixo para encontrar o resultado:

ROI = ((Faturamento – Custo do Investimento)/Custo do Investimento)) x 100

Exemplo de aplicação da fórmula:

Imagine que seu faturamento tenha sido de R$ 100.000 (cem mil reais) e o investimento feito de R$ 10.000 (dez mil reais). Assim, o seu Retorno sobre Investimento será de 900%, conforme cálculo abaixo:

((100.000 – 10.000)/10.000) x 100 = 90.000/10.000 = 9×100 = 900%

3 – Busque o aumento da produtividade da empresa

Esteja certo de que aumentar a produtividade é, com certeza, um dos melhores meios de aumentar a rentabilidade da empresa sem que para isso precise gastar muito mais dinheiro.

No entanto, para que essa medida seja efetiva, você não poderá se esquivar de fazer um estudo minucioso de cada um dos processos da sua empresa para que consiga identificar aqueles que precisam ser aperfeiçoados.

Ao finalizar essa análise, é hora de colocar em prática todas as conclusões feitas. Aprimore os processos já existentes, programe novos processos – caso seja necessário -, tudo isso sempre alinhado junto à equipe de colaboradores.

Medida também importante nesta etapa é a redução de erros e retrabalhos, já que custam dinheiro, tempo e comprometem diretamente a sua rentabilidade. Revisando todos os processos você conseguirá garantir que tudo saia conforme o planejado.

4 – Aposte em um sistema de gestão

Se tem uma ferramenta que será sua maior aliada na busca pelo aumento da rentabilidade, esta ferramenta com certeza é um software de gestão.

Este tipo de ferramenta permite a você controlar e administrar as informações e dados da sua empresa de forma integrada, proporcionando ainda a automatização de processos. Assim, você economiza tempo, custos e toma suas decisões de forma mais fácil e assertiva.

Ficou interessado na possibilidade de investir em um software de gestão para a sua empresa? Sugiro que conheça a Aliar Sistemas, ferramenta que além de oferecer todos os benefícios citados acima, ainda garante uma gestão fiscal mais eficiente. Clique aqui e saiba mais sobre a Aliar Sistemas.

5 – Estabeleça valor ao seu produto

Todo empreendedor sabe da importância de agregar valor ao seu produto e serviço, principalmente para se diferenciar no mercado diante de tantos concorrentes. No entanto, uma prática adotada por muitos que prejudica o aumento da rentabilidade é a redução de preços, pois apesar de achar que está oferecendo um benefício ao cliente, na verdade está desvalorizando seu produto/serviço aos olhos dele.

Sendo assim, valorize o que a sua empresa produz, busque outras maneiras de oferecer benefícios aos clientes que não seja por meio da redução de preços. Uma boa iniciativa pode ser ofertar combos do tipo “compre X e ganhe Y”, ou ainda implementar uma política de fidelização, como “ Faça X vezes tal ação e ganhe a próxima”.

6 – Gerencie o seu estoque

estoque é o ponto fraco de muita empresa, e sem uma gestão eficiente do mesmo muito dinheiro é perdido. Vale lembrar que produto estocado representa dinheiro parado, então o que fazer?

Analise a saída de produtos e invista naqueles que possuem maior giro e são responsáveis por parcela significativa do faturamento da empresa.

Outra medida interessante é manter uma margem segura de produtos que atendem a sua demanda, isso sempre considerando o tempo demandado pelos fornecedores para repor seu estoque quando for necessário.

7 – Cuide da sua equipe

Este recurso merece toda a sua atenção! Afinal, não há forma melhor de aumentar a rentabilidade do que por meio da gestão de pessoas. Equipe satisfeita produz mais e entrega melhor. Por isso, ofereça aos seus colaboradores um ambiente de trabalho agradável, em que eles se sintam valorizados e motivados.

Uma boa dica para uma gestão de pessoas eficiente é a implantação de políticas como o desenvolvimento de plano de carreira, feedbacks e treinamentos.

Além disso, é imprescindível reconhecer e reter os talentos identificados na sua empresa. Esses colaboradores valem ouro e a partir de suas visões de negócio podem fazer contribuições valiosas como a sugestão de novos processos e ferramentas, que podem ajudar no aumento da rentabilidade.

8 – Aprimore as vendas

Uma lógica clara para todo empreendedor é que venda está diretamente relacionado ao aumento do faturamento, não é mesmo?! Assim, se você aumentar as vendas, aumentará também a rentabilidade, mas como fazer isso?

Um processo de venda não pode ignorar que cada cliente possui suas necessidades e preferências e, por isso, uma mesma abordagem não funcionará para todos os clientes.

Por isso, se você quer aumentar a sua rentabilidade precisa desenvolver diferentes canais de venda dentro da sua empresa, para assim cercar e atender ao maior número possível de clientes. Avalie os canais de venda que mais podem funcionar para o seu tipo de negócio e implante-os na sua empresa.

Outra medida que é muito indicada é buscar aumentar o ticket médio das vendas e para isso, existem diversas estratégias que você pode adotar, abaixo listo algumas sugestões:

  • Edições limitadas;
  • Pacote de produtos;
  • Frete grátis para compras a partir de um determinado valor;
  • Promoções;
  • Reajuste de preços.

9 – Tenha controle sobre os investimentos nos processos da empresa

Aqui pode se fazer uma confusão: ter controle não quer dizer cortar custos. O controle é uma ferramenta eficiente para aumentar a receita, mas aqui o conceito de controle quer dizer ter completo conhecimento sobre o modo como seus investimentos estão sendo empregados e aproveitados.

Trata-se de buscar informações sobre o desempenho dos processos, entender como está a produtividade da equipe, além de acompanhar a gestão do estoque, as compras, as vendas e muitos outros aspectos.

Para ter esse controle, você precisa se munir de dados e informações que podem ser obtidos em diversos relatórios. Isso possibilitará a você tomar, de forma correta e consciente, todas as decisões necessárias para aumentar a rentabilidade da sua empresa sem reduzir custos.

Conclusão

Inúmeras empresas vêm na redução de custos o caminho mais lógico para o aumento da rentabilidade, mas ao longo deste artigo buscamos quebrar essa premissa e mostrar para você que existem outras formas mais eficientes e consistentes de aumentar a rentabilidade da sua empresa.

Aliar Sistemas