Giro de estoque: entenda o funcionamento e como calcular

Entenda o que é e qual a função do giro de estoque

Para que você entenda de forma simples, o giro de estoque é uma ferramenta, um indicador, que apresenta o desempenho de um estoque. Avalia e demonstra a saúde financeira do estoque, assim como indica por meio de padrões sua qualidade no quesito da utilização dos recursos estocados.

O giro de estoque é um indicador que pode ser aplicado a todo tipo de estoque independente de sua complexidade ou tamanho, e as informações obtidas a partir dele devem ser trabalhadas de forma estratégica com o intuito de aprimorar esta gestão.

Desta forma, o giro de estoque nada mais é do que ter o conhecimento de quanto do seu estoque foi vendido e quantas reposições foram feitas em um período determinado.

Um dos grandes benefícios oferecidos pelo giro de estoque é a possibilidade de ter uma visão real e atualizada dos recursos disponíveis na sua empresa. Com isso, você conseguirá identificar com mais facilidade e agilidade, por exemplo, o que tem sido um impedimento ou ameaça ao estoque e que impede a sua empresa de lucrar.

Outras mensurações possíveis de obter com o giro de estoque são o teor de qualidade do estoque e variedade de produtos armazenados. Mas como saber qual é o giro de estoque da sua empresa?

No próximo tópico aprofundaremos mais no cálculo do giro de estoque, mas para começar a compreender o raciocínio, um exemplo simplificado pode facilitar o seu entendimento, veja:

Suponhamos que a sua empresa possua um estoque médio de 400 sacas de milho e vende 2.000 sacas por ano. Neste cenário, para descobrir um giro de estoque do seu negócio é simples, basta dividir o número de sacas vendidas anualmente pelo estoque médio: 2.000/400 = 5 giros por ano.

No cenário simulado acima, não foi considerado um estoque com variedade de produtos. Em empresas em que essa diversidade existe, o cálculo se altera um pouco. Isso porque você precisará calcular a partir do valor médio dos estoques a preço de compra e das vendas a preço de compra, para assim encontrar os resultados corretos. Mas vamos falar mais disso abaixo!

Como calcular o giro de estoque

Conforme explicado no exemplo acima, para que você consiga calcular o giro de estoque da sua empresa, será preciso primeiro que defina o valor da variável chamada média de estoque. Atente-se ao fato de que a média de estoque deve ser calculada tanto pela quantidade como pelo valor dos produtos.

No caso da quantidade de produtos, conforme o exemplo dado no tópico anterior, para obter a média de estoque você precisará somar o número de produtos em estoque no início do período de análise desejado com o número de produtos no final deste período. O resultado obtido divide-se por dois, desse modo a fórmula é: estoque inicial + estoque final / 2.

Já no segundo caso, em que há variedade de produtos no estoque, o raciocínio será o mesmo do cálculo acima, no entanto ao invés de considerar o número de produtos, usa-se o valor deles. Ficando da seguinte maneira a fórmula para este cálculo: valor inicial do estoque + valor final do estoque / 2.

Depois de obter a média, já é possível calcular o giro por quantidade e também por valor. No primeiro caso, divide-se o número de produtos vendidos pela média de estoque, enquanto que na segunda situação divide-se o valor dos produtos vendidos pelo valor médio do estoque.

Qual é o impacto do giro de estoque?

Conforme já dito anteriormente, é por meio do giro de estoque que você irá obter a informação precisa de quanto em quanto tempo o estoque da sua empresa costuma ser renovado. Ter acesso a informações tão precisas quanto essa é indispensável para a gestão financeira do seu negócio, pois permitirá a você traçar estratégias mais assertivas e tomar medidas que trarão efetivamente o resultado desejado.

Mais do que ter consciência do tempo do giro de estoque de uma empresa, é importante que você cuide da gestão do estoque para que a sua empresa consiga se preparar e programar para períodos futuros.

Já que você passa a ter ciência dos períodos do ano em que o giro de um determinado produto é maior ou menor, você se prepara para não deixá-lo sobrar ou faltar, gerando assim mais economia para a empresa.

Dicas infalíveis para aprimorar o giro de estoque da sua empresa

Depois de compreender os pontos mais relevantes que envolvem o giro de estoque, já dá para começar a colocar em prática o que aprendeu até aqui na sua empresa, certo?!

Mas antes de implantar esse índice, confira algumas dicas infalíveis que separei para você. Com uma boa política de giro de estoque e as práticas sugeridas abaixo, você conseguirá aperfeiçoar a velocidade com que os produtos entram e saem da sua empresa, evitando assim estoque parado e dinheiro perdido. Confira!

Suas decisões de compras devem ser baseadas no histórico de vendas

Trabalhar com estoque não é tarefa fácil, exige muito controle, conhecimento e atenção para tomar as melhores decisões e não levar prejuízo. Por isso, nunca tome decisões de compras baseadas nas suas percepções e achismos, baseie-se em dados reais, atuais e concretos para fazer compras assertivas e que não irão lhe causar problemas mais tarde.

Analise o histórico de vendas dos últimos meses, busque informações sobre as principais tendências e absorva toda e qualquer informação relevante antes de fechar as compras para seu estoque, essas medidas garantirão a longevidade e saúde financeira da sua empresa.

Nem a mais, nem a menos: estoque na medida certa!

Provavelmente, você já passou a experiência de chegar a um negócio e não conseguir efetivar a compra porque o produto desejado não estava disponível. Sem dúvida frustrante, não é mesmo?!

Muito provavelmente, esta experiência negativa fez você pensar mil vezes antes de retornar a loja em uma nova tentativa de compra – isso se você não tiver suprido sua necessidade em um concorrente.

Para que a sua empresa não passe por esse tipo de situação, é essencial trabalhar com o estoque na quantidade certa. Produtos além do que é demandado pelos seus clientes é sinônimo de prejuízo, e a falta de um estoque também.

Por isso, trabalhe com estoques mínimos, pois quando atingir essa marca, você saberá que já é hora de fazer um novo pedido de reposição.

Quando necessário promova o giro de estoque

Todo empreendedor já se viu em uma situação em que o estoque estava cheio e o caixa vazio, mas não é preciso se desesperar por isso. Para reverter o cenário, você precisará estudar a possibilidade de realizar, por exemplo, promoções – com mecânicas pensadas de acordo com a estratégia da empresa – que incentivem a compra do produto e, assim, reduzam o estoque.

Além de ser uma oportunidade de reduzir o estoque, é também a chance de dar vazão naqueles produtos que não têm muita saída.

Lembre-se das datas comemorativas durante o ano

Planejamento de estoque precisa estar alinhado ao calendário comercial. Por isso, não ignore as datas especiais ao longo do ano, principalmente aquelas em que seus produtos ou serviços costumam ser mais procurados.

Se você atua no segmento de comércio, por exemplo, é fato que a rotatividade no mês de dezembro será muito maior do que em outros meses, devido ao Natal.

Por isso, para não perder vendas – e dinheiro – nessas épocas do ano, é importante que você tenha um bom estoque, capaz de atender toda a demanda.

Aqui, é importante ressaltar que as datas de alta procura dependerão muito da segmentação e mercado de atuação da sua empresa, então atente-se a essas características para que você não caia no erro e leve prejuízo.

A tecnologia é a sua aliada

Cuidar do estoque e melhorar seu giro pode ser uma tarefa muito mais simples do que você imagina, tudo depende de uma boa gestão. Para que a gestão do seu estoque seja eficiente e assertiva, a melhor solução é implementar um software de gestão na sua empresa, ferramenta essa que irá propiciar a automação e integração de diversos processos, facilitando assim o controle de todos os produtos que entram e saem do seu estoque.

Além disso, essas ferramentas permitem que você tenha acesso mais rápido e avalie de forma mais assertiva o desempenho do estoque, assim como entender quais produtos têm mais o menos saída, e muitas outras informações essenciais para aumentar o giro do seu estoque.

A Aliar Sistemas, oferece a solução ideal para o seu negócio, possibilitando a gestão do estoque e muitos outros benefícios para sua empresa.

Aliar, o sistema de gestão de açougue perfeito para a sua empresa. 

Aliar Sistemas